segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O Blog por aí, vocês por aqui e um agradecimento

Oi, pessoal!
Sabem qual é o post mais acessado do blog?! Este aqui: Guarda-chuva velho= bolsa nova.
Fico feliz em ver que uma ideia de reaproveitamento tenha tido todos esses acessos. E foi justamente sobre esse post que em Janeiro, a repórter Valéria Forner,da Revista Terra da Gente, entrou em contato comigo; ela iria escrever sobre o tema e tinha visto o meu post. Resultado, o blog foi citado na edição de Março, na matéria "Por muitas e muitas chuvas".


Recentemente, um Blog que adoro, Homens da Casa , citou e mostrou o post A geladeira que não queria passar em branco - aonde personalizei minha geladeira com papel contact, seguindo o PAP que ele postou no blog - na sua página do Facebook...


O mais legal disso tudo é saber que vocês gostam das minhas postagens, que muitas vezes são inspiradas por outras idéias e outras vezes inspiram vocês, numa troca muito legal de boas energias! Queria agradecer a vocês por sempre darem uma espiadinha aqui, mesmo eu estando tão ausente!
Beijos!


quarta-feira, 3 de julho de 2013

Angry Birds : missão cumprida

No aniversário de 6 anos do meu caçula, o tema pedido foi Angry Birds! Pensei na hora, e agora??
Então começou minha busca, nas horas vagas nos plantões, de idéias para um aniversário tipo "faça-você-mesmo", claro! rrrsss


Olha, confesso que sem o Google e os Blogs e seus PAPs, eu não teria conseguido! Quantas coisas legais estão disponíveis no mundo virtual.
Depois de vários plantões recortando tags, carinhas, rótulos... alguns impressos em casa e outro numa gráfica, estava tudo encaminhado; faltava chegar o grande dia!

Ninhos de brigadeiro com Tic tac, como ovinhos

Lembrancinhas com "Golden Eggs" - que nada mais são do que
ovinhos de páscoa embrulhados em
 papel laminado dourado

Brinquedos enfeitaram a mesa e fizeram o
tampo do bolo, numa base de isopor
coberto com papel laminado


Garrafinhas com rótulos personalizados
e a cara de felicidade do
aniversariante :)

Bisnagas de brigadeiros com rótulo
personalizado, feitos
por mim

Balões com carinhas dos Angry Birds e bandeirinhas

Sacolinhas de papel com rótulo TNT


E a festa foi um sucesso, pelo menos a missão de fazer o aniversariante feliz foi cumprida! <3



O que acharam? A festinha foi em Abril, mas só agora tive tempo para fazer o post.

Seguem alguns links que me inspiraram

http://www.localfunforkids.com/home/15-angry-bird-birthday-party-ideas.html

http://www.thepartyinspirations.com/angry-birds-for-your-little-ones-party/

http://craftycowcreations.blogspot.com.br/2012/04/angry-birds-birthday-on-budget.html?m=1

Beijos!!

A geladeira que não queria passar em branco

Era uma vez uma geladeira que estava cansada de passar em branco na cozinha. Ela fazia parte da família desde o início, vários anos se passaram, algumas mudanças de endereço aconteceram, mas ela continuava ali, não tão branca pelo passar do tempo, mas com seu potencial decorativo sub-utilizado, rsrs.
Até que sua dona, entendeu o apelo silencioso da esquecida geladeira e resolveu renová-la...

Encomendei, numa gráfica, o adesivo com ladrilhos hidráulicos para as portas - da geladeira e do congelador. Nesse caso, foram eles que aplicaram.
E a geladeira ficou assim algum tempo, embora ainda achava que faltava algo...
Foi então que comprei papel contact preto fosco e eu mesma apliquei - é mais fácil do que a gente imagina. Aprendi num PAP desse Blog maravilhoso, chamado Homens da Casa.( Aliás, foi através desse Blog que fiquei sabendo que a Contact lançou e estampa de Ladrilho hidráulico).  Foi só seguir o todo passo-a- passo e Tchram! Estava pronto! 

Claro que o preto fosco, não foi por acaso; na verdade queria que as laterais da geladeira virassem um quadro negro, aonde pudéssemos expressar pensamentos, rabiscos e lembretes. Que tal ficou???




E o contact que restou, fez a alegria de um certo pequeno:


 Beijos! ;)

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

E isso existe?

Claro que sim!
As doenças raras existem, o que falta é o conhecimento necessário sobre as mesmas.
A primeira grande dificuldade é obter o diagnóstico. A maioria dos pacientes passaram nas mãos de vários profissionais até obter uma resposta para seus sintomas, isso se não forem a óbito antes de terem um diagnóstico firmado.E para algumas dessas doenças tidas como raras (prefiro dizer subdiagnosticadas), tempo é algo que não se pode perder,pois o dano ocasionado, muitas vezes, pode ser irreversível. Mas não acho que a culpa recai em 100% sobre os profissionais da área de saúde. Não pelo fato de fazer parte do grupo, o qual inclui médicos das mais diversas especialidades, nutricionistas, fisioterapeutas, dentre tantos que são necessários para um acompanhamento multidisciplinar; somos reflexos do que (não) nos ensinam em nossas faculdades. Nos passam a idéia de ser algo tão raro, mas tão raro,mas tão raro que mais parece algo inventado por alguém e que nunca iremos estar diante de uma "raridade" dessas. Ledo engano!
(Tenho a sorte de ser mãe de uma "raridade", fato mudou completamente o conceito que me foi passado: é raro, não existe, médico tem que pensar nas doenças mais frequentes, etc, etc,etc - e que me fez conhecer, a duras penas, um mundo até então surreal para mim, como médica e como mãe.)
Os que têm a sorte de superar esse primeiro grandessíssimo obstáculo, logo esbarram em outro: o tratamento. Como é difícil encontrar profissionais da área de saúde, ressaltando mais uma vez não só médicos e especialistas, mas nutricionistas, por exemplo, que muitas vezes são a chave do tratamento,que trabalhem e conheçam as doenças (tidas como) raras. E se seu caso precisar de medicações e /ou fórmulas específicas e especiais, a via crucis é ainda maior, sendo muitas vezes necessário entrar com ações judiciais...um degaste enorme para a família e o paciente os quais passam por desgaste atrás de desgaste (físico, emocional, financeiro...)
Mas, por que estou falando disso? Desabafo por ser médica-mãe de paciente? Também. Mas para divulgar que somos raros, porque somos subdiagnosticados e que precisamos mudar essa realidade, mesmo que o reflexo de nossas atitudes só sejam sentidas de forma concreta quando não mais estivemos presentes neste mundo, de tanto que os anos se passaram.  
Este post é para divulgar que de 21 a 28 de Fevereiro ocorre a semana de Apoio ao Paciente com Doenças Raras, já que neste ano não teremos o dia 29 de Fevereiro, dia escolhido para a comemoração, justamente por ser uma data infrequente. Durante essa semana, aonde teremos a "rara" o oportunidade de falarmos e aprendermos mais sobre essas doenças,ocorrerá manifestações em vários Estados.
Para mais informações sobre local e programações, acessem aqui .
Para ler mais um pouco sobre A difícil vida de quem tem doença rara no Brasil, clique aqui 

Espero que ajudem a divulgar!

Beijos!




segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Idéia iluminada

Ainda tenho caixas que foram da mudança  no quarto da bagunça para serem arrumadas, confesso... E meu adorável cachorro tinha livre acesso a essa área...tinha, pois depois de tantas roídas na caixa que lá se encontra, isolamos a área para ele não ter mais acesso.
Nessas roídas, ele conseguiu fazer um "rombo" na caixa, por onde ele ia tirando os nossos pertences para se divertir. Foram mordidos papéis, revistas, negativos de fotos...
Ao ver meu cachorro com uma tira de negativo na boca,tive uma ideia ( e raiva também, rs) : utilizá-las para fazer uma luminária. Assim que tive um tempinho, tratei de colocá-la em prática e queria compartilhar com vocês:

Material: luminária plástica, cola, negativos,pincel

Passei a cola na luminária e fui colocando os negativos



Passei, também, cola por cima dos negativos - 
nessa hora sempre bate aquele medo que "não vai dar certo"



Os negativos eram da época em que meu primogênito era bebê;
fiz essa luminária para ele <3


Esse foi o resultado final. Gostaram?!

Beijos iluminados!


segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Ter uma casinha branca de varanda...

Ah, como amo o campo! Passei este fim de semana em Gravatá, cidade que dista cerca de 80 Km do Recife e fica localizada no Planalto da Borborema. O clima ameno (no verão, só à noite, pois de dia é quente!), verde por todos os lados, as flores, a liberdade de estar numa cidade do interior (os meninos brincando soltos, sem tantas preocupações da cidade grande) só reforça esse meu amor ao campo, rsrs.
E como falei (e mostrei) num post lá atrás,enquanto não tenho minha casa de campo, fico querendo transformar o apartamento em uma... 



( Detalhe para o filtro de barro e a geladeira adesivada, gostaram?!) 



É isso aí, pessoal...Depois me contem o que acharam dos detalhes da minha casa de campo, quer dizer, apartamento... :)

Beijos!!!

Gravatá

domingo, 20 de janeiro de 2013

Renovando

Ando sem tempo de escrever aqui...mas, continuo (menos do que eu queria) fazendo meus projetinhos.
Esse acabou de sair do forno:


Sabe aqueles banquinhos plásticos, que são verdadeiros curingas (servem como apoio, escada e, claro, banco!)? O de lá de casa estava bem feinho, o pintor, da última vez que pintou a casa,tinha deixado o coitado com manchas.
Pintei a parte do assento com tinta PVA branca, separei o rolinho, a cola para decoupage e o guardanapo e, em poucos minutos, meu banquinho estava assim. Ainda ficou faltando passar verniz - o sono não me deixou fazer isso hoje...
Gostaram??
Beijos!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRADUZA/TRANSLATE